Hotel Sophie Germain - Home

Hotel Sophie Germain seu hotel em Montparnasse Paris 14

O hotel Sophie Germain receberá a todos a partir de 1o de setembro de 2014 em um espaço totalmente renovado, com decoração completamente inédita. Com design mais moderno e cada vez mais elegante, este estabelecimento de dimensões humanas, no entanto, conservou tudo aquilo que compõe o seu charme: um ambiente convivial, uma equipe atenciosa e uma atmosfera realmente muito serena!

Idealmente situado na rive gauche de Paris, bem próximo da Praça Denfert-Rochereau e do emblemático Quartier Latin, esse hotel de charme oferece à sua clientela um amálgama concentrado de conforto e tranquilidade, em pleno coração do bairro de Montparnasse e a apenas alguns minutos a pé dos seus inúmeros bares, restaurantes, comércios e teatros.

Elodie e sua equipe

Hotel Sophie Germain - Home

Para as suas escapadelas turísticas ou viagens a negócio

A localização privilegiada do estabelecimento, situado a cerca de 100 metros da estação Mouton-Duvernet do metrô (linha 4, acesso direto a Montparnasse e à estação Gare du Nord), possibilita desfrutar plenamente de Paris graças ao acesso fácil e rápido às suas imperdíveis atrações, hospedando-se em um bairro atípico e frequentemente mal conhecido que, com as suas ruas pitorescas e a sua atmosfera com aquele toque de cidade do interior, convida a descobrir a capital de forma não convencional.

Perfeito para as escapadelas turísticas, o hotel Sophie Germain é igualmente o endereço ideal para as viagens a negócio: de fato, ele oferece fácil acesso ao Parque de Exposições da Porta de Versailles, a vários salões e feiras comerciais, ao Parque de Exposições de Villepinte, bem como aos aeroportos internacionais de Orly e de Roissy – Charles de Gaulle.

 

Você sabia?

Ante de dar o seu nome a um hotel, Sophie Germain deu o seu nome a um célebre teorema de aritmética. Essa brilhante matemática do início do século 18, no mínimo vanguardista, é igualmente conhecida por ter se vestido de homem ao transmitir as suas ideias publicamente. Uma audácia que fez dela uma das primeiras “insubmissas” a reivindicarem a igualdade com os homens.